Apresentando o Tiger [1]: exigências mínimas

Iniciando uma série de artigos, vamos apresentar aqui vários aspectos para se fazer a atualização para a nova versão 10.4 do Mac OS X, o chamado Tiger.

Apesar de ser um sistema extremamente complexo e completo, a Apple resolveu continuar dando suporte a computadores antigos, colocando como única restrição ser um Mac que tenha Firewire embutida. Esta restrição inclui Macs lançados ainda em 1999, como os PowerMacs G3 azuis, iMacs slot-loading e os iBooks coloridos (“tampa-de-patente”). Outro fato importante é a abrangência dos drivers de vídeo, que inclui placas com apenas 8MB VRAM.

As exigências para rodar o Tiger são:

  • Processador G3, G4 ou G5
  • Firewire embutida
  • Mínimo de 256MB RAM
  • um mínimo 2 GB de espaço em disco (3,5GB se for instalado o software XCode 2, ferramenta de desenvolvimento de aplicações)
  • Qualquer vídeo embutido ou conectado a uma placa de vídeo original do seu Mac

Vale destacar que estes são requisitos mínimos, ou seja, para que o sistema rode a uma velocidade mais confortável, é necessário que se tenha um pouco mais que o exigido. Sugerimos um mínimo de 512MB de RAM, uma placa de 32MB VRAM e um processador G4, mantendo um mínimo de 5GB de espaço livre em disco (depois da instalação). Supomos que o Tiger foi otimizado para os processadores G4 em diante e sendo assim, Macs com processador G3 terão um suporte restrito.

Saiba mais
Apple: Mac OS X – System Requirements

Marco Andrei Kichalowsky

Editor-chefe do macnarama.com, é applemaníaco e trabalha com produtos Apple desde 1993. Foi presidente do Brasil Apple Clube durante 10 anos e colaborador da saudosa Macmania e sua herdeira MAC+ até o fim da revista em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *