Downloads de música continuam crescendo gradualmente

A divisão MusicWatch do grupo de pesquisas NPD fez um estudo nos EUA a respeito dos hábitos de consumo de música dos americanos de mais de 13 anos, que revelaram dados sobre suas compras de CDs e downloads.

A primeira conclusão diz respeito ao crescimento gradual dos downloads como modalidade de venda de música. O CD continua sendo o formato preferido, mas o estudo indicou que 35{2924376de9395e8cfc15acd815d9baaef6b6fe70f0a6744e7eb0f6aa07a10724} das canções vendidas no primeiro semestre de 2009 foram adquiridas em mídia digital. O formato tem crescido 15{2924376de9395e8cfc15acd815d9baaef6b6fe70f0a6744e7eb0f6aa07a10724} desde 2007 e especialistas apostam que as vendas de música digital estarão perto das vendas de CDs no final de 2010.

A pesquisa também confirma a posição de liderança da iTunes Store. A loja da Apple abocanhou 25 por cento das canções vendidas nos EUA nos primeiros meses deste ano. Em segundo lugar, aparece o Walmart, com 14{2924376de9395e8cfc15acd815d9baaef6b6fe70f0a6744e7eb0f6aa07a10724}, com a Best Buy em terceiro. As gigantes de varejo, entretanto, vendem músicas em suas lojas físicas também. Considerando somente a venda pela internet, a iTunes Store é líder “isolada”: tem uma fatia de 69{2924376de9395e8cfc15acd815d9baaef6b6fe70f0a6744e7eb0f6aa07a10724}, seguida de muito longe pela Amazon MP3, com 8{2924376de9395e8cfc15acd815d9baaef6b6fe70f0a6744e7eb0f6aa07a10724}.

Marco Andrei Kichalowsky

Editor-chefe do macnarama.com, é applemaníaco e trabalha com produtos Apple desde 1993. Foi presidente do Brasil Apple Clube durante 10 anos e colaborador da saudosa Macmania e sua herdeira MAC+ até o fim da revista em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *