Steve Jobs participa do All Things Digital

Steve Jobs participou ontem (1o. de junho) da abertura do evento All Things Digital, promovido pelo Wall Street Journal. Em uma entrevista mediada pelos colunistas de tecnologia Walt Mossberg e Kara Swisher, o CEO da Apple respondeu perguntas durante cerca de uma hora em meia, sendo por vezes ríspido e, de certa maneira, arrogante. (Ou seja, nada diferente que os applemaníacos não saibam.)

A conversa esteve focada a maior parte do tempo no iPod, iTunes e na relação da Apple com a indústria da música e mídia, e no iminente lançamento do novo iPhone.

Pescamos três pontos interessantes da entrevista:

* Em uma de suas respostas, Steve Jobs afirmou que a Apple pode ajudar a movimentar as empresas de mídia: “eu posso ajudar a salvar os seus negócios, se forem inteligentes e baixarem seus preços”.

* Sobre a matéria do Gizmodo com o protótipo de iPhone 4G roubado/perdido, Jobs comentou que é um caso de polícia (parece que foi a colega do rapaz que vendeu o aparelho que o denunciou), mas deixou claro que ficou muito aborrecido com o caso.

* Outro tema polêmico foi os vetos na App Store. Jobs foi direto: “temos poucas regras: a aplicação deve fazer o que promete, não pode travar e não pode utilizar interfaces de programação proprietárias”. Jobs, no entanto, fez um mea culpa, admitindo os equívocos, principalmente a respeito dos programas que debochavam de políticos que foram vetados: “Estamos aprendendo o mais rápido que podemos”. Mesmo assim, Jobs comentou que alguns desenvolvedores mentem sobre os vetos: “não corremos para dizer que o cara é um filho da p* de um mentiroso”. Segundo ele, os programadores correm para a imprensa em busca de seus “15 minutos de fama”.

Saiba mais da opinião do CEO da Apple no saite do AllThingsD.

Marco Andrei Kichalowsky

Editor-chefe do macnarama.com, é applemaníaco e trabalha com produtos Apple desde 1993. Foi presidente do Brasil Apple Clube durante 10 anos e colaborador da saudosa Macmania e sua herdeira MAC+ até o fim da revista em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *