Sun lança padrão de direitos autorais aberto

Depois de anos de trabalho, a Sun Microsystems está em busca de aliados para um padrão neutro de gerenciamento de direitos autorais ou DRM (digital rights management), tecnologia que governa como música, vídeo e outras informações podem ser usadas e copiadas.

Neste domingo, no encontro Progress and Freedom Foundation’s Aspen Summit, o presidente da empresa, Jonathan Schwartz, anunciou o projeto Open Media Commons, que inclui o software Dream (DRM everywhere available, ou DRM disponível em qualquer lugar), desenvolvido pelo centro de pesquisa da Sun, o Sun Labs.

O trabalho em DRM da Sun data de 2002, quando o CEO Scott McNealy falou pela primeira vez sobre suas aspirações nesta área. Durante este tempo, algumas tecnologias DRM têm se tornado dominantes. A iTunes Music Store da Apple usa um DRM que funciona apenas com o iPod, e a Microsoft usa outro padrão de DRM em seu Windows Media Player. Esta falta de padrões é um problema, porque as músicas que são baixadas de uma loja digital nem sempre podem ser tocadas em qualquer tocador digital.

A Sun também tem vistas para a padronização dos codecs, compressores de áudio e vídeo que permitem que informações de alta qualidade sejam distribuídas em arquivos de pequena dimensão. É o que declara Glenn Edens, vice-presidente sênior e diretor do Sun Labs: “Eu também acho que uma sólida comunidade em torno de codecs de código-aberto é igualmente importante para o DRM”. “Nós vamos apoiar ambas comunidades”, conclui.

Saiba mais
News.com: Sun launches open-source digital rights plan

Marco Andrei Kichalowsky

Editor-chefe do macnarama.com, é applemaníaco e trabalha com produtos Apple desde 1993. Foi presidente do Brasil Apple Clube durante 10 anos e colaborador da saudosa Macmania e sua herdeira MAC+ até o fim da revista em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *