Tumblr: seu blog zapt-zupt

Assim que surgiu, em 2007, o Tumblr não foi compreendido por muita gente. “Qual é a desse Tumblr? Outro sistema de blogs?” Não exatamente. Alguns, sem entender muito bem quais seriam as utilidades da nova ferramenta, especularam ser uma atualização de sistemas de ‘friendfeed’ – quando um usuário concentra sua presença online em um único lugar.

Apesar de também servir para esse – e tantos outros – propósitos, o Tumblr na verdade queria revolucionar pela facilidade de uso: as diferentes formas de postagem figuram logo no painel de controle, e as opções de customização de design são grandes.

Simplicidade: logo no painel de controle o usuário escolhe o tipo de postagem que quer fazer

A idéia principal é ser simples o suficiente para um usuário iniciante (ou que não precisa de um sistema parrudo) e ao mesmo tempo ser completo para um usuário mais avançado, disponibilizando a possibilidade de edição de HTML, inserção de script do Google Analitics e até mesmo o uso de um domínio próprio. O melhor? Tudo isso de forma gratuita.

Criar um friendfeed no Tumblr também é muito fácil, já que ele permite importar como postagens arquivos XML, que são aqueles utilizados nos RSSs de blogs e sites. Assim, quem quiser fazer uma ‘central de notícias’ de si mesmo pode importar diversos links para um mesmo tumblr.

Essas facilidades, funcionalidades, e grandes possibilidades de customização fizeram com que o tumblr ganhasse bastante espaço, em especial para blogs de nicho ou coleções de conteúdos específicos. Surgiu até mesmo uma onda de blogs “fuck yeah” alguma coisa, que colecionam fotos, imagens e textos de um tema em especial. Dá pra encontrar de tudo: séries, músicas, artistas, de tudo mes-mo. Tem até um Tumblr com uma coleção de outros “fuckyeah” tumblrs.

Fuck Yeah: Moustaches, Beatles e muito mais

Porque você deveria usar?

Se você quer algo simples e funcional, o tumblr é para você. Também serve bem como uma “central” para coletar diversas informações – sejam elas sobre si mesmo (friendfeed) ou sobre um tópico específico (os “fuckyeah” tumblrs)

Porque você não deveria usar?
Se você precisa de uma estruturação maior, definição de páginas e subpáginas, e quer um sistema mais robusto.

Onde eu faço um desses?
www.tumblr.com

[Via Pensamenteando]

2 comentários em “Tumblr: seu blog zapt-zupt

  • 14 de agosto de 2010 em 9:20
    Permalink

    Criei um Tumblr a alguns dias atrás. Recomendo! É uma plataforma de blogs excelente! Para ter um idéia a revista economist criou um Tumblr.

  • 27 de julho de 2010 em 7:45
    Permalink

    não consigo botar foto no fundo.não funciona de jeito nenhum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *